Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Após 6ª alta gasolina chega a R$ 5,69 e empresários culpam cotação em dólar

Postado em 12/03/2021 por

Compartilhe agora.

Valor do combustível subiu novamente nesta segunda (8) e assustou os motoristas logo cedo. O preço do Álcool atingiu a média de R$ 4,17 até R$ 4,19, enquanto gasolina chegou aos R$ 5,69. Para se ter uma ideia, para encher o tanque de 45 litros de um veículo com gasolina o motorista precisa desembolsar R$ 256. No início de fevereiro, em média o gasto seria de R$ 214, um aumento de quase 20% em um mês.

Conforme explicou o diretor do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sindipetróleo), Nelson Soares, aumento é decorrente da cotação do barril de petróleo, que é negociado em dólar.

Quando o valor do petróleo sobe, o diesel e a gasolina tendem a acompanhar a movimentação. Reajuste na gasolina foi a 6ª do ano, enquanto a do diesel foi a 5ª.

Se no início de fevereiro gasolina estava na casa dos R$ 4,77, no início de março, um mês depois, estava R$ 5,19, conforme pesquisa da Agência Nacional do Petróleo (ANP). No caso no diesel, de fevereiro para março foi dos R$ 3,20 para os R$ 3,59.

“Aumento tem ocorrido quase que semanalmente. Ele tem gatilhos. Quando o preço internacional do diesel ou da gasolina fica mais caro, ele dispara aqui ao mesmo tempo. Mas não tem como prever, porque é o mercado que dita e a gente fica em uma situação bastante difícil de ter um prognóstico do que vai acontecer”, disse.

Insatisfação geral

Insatisfação do consumidor é geral. Motoristas de aplicativo, por exemplo, que utilizam do combustível para gerar sua renda, organizaram diversas manifestações contra a alta dos preços. Mas, de acordo com o presidente, aumento também prejudica os empresários.

Tendência é que consumidores deixem de abastecer ou diminuam a frequência dos abastecimentos. Mesmo com o alto valor cobrado pelo produto, há prejuízo para os donos dos postos de combustíveis, que precisam reduzir despesas e diminuir funcionários.

“Quanto mais aumenta mais diminui a margem de lucro dos postos, porque eles vendem menos. A situação que a gente tem observado é bem preocupante, porque o consumidor já está sem dinheiro. O salário não aumentou e o preço das coisas aumentou. O que ele vai fazer? Cortar despesas e tentar amenizar seus gastos de qualquer forma,” finalizou.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.