Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Botelho diz que greve da Educação está enfraquecida e sem apoio da população

Postado em 07/06/2019 por

Compartilhe agora.
Rdnews

presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM) afirma que a greve dos professores, que completa hoje (6) 11 dias de paralisação nas escolas da rede pública estadual, já está enfraquecida e não conta com apoio da população, muito menos da maior parte da categoria. Ainda assim, se coloca à disposição dos dirigentes do Sintep para buscar uma saída que garanta o reinício das aulas o mais rápido possível.

“O governo não tem como conceder reajuste. Cabe a eles [grevistas] vir aqui. Já me coloquei à disposição, mas ninguém veio aqui nos procurar. Essa greve já está enfraquecida. Não tem apoio da população, da maioria dos trabalhadores. Tem que achar o momento para sair com moral. O  Sindicato é importante para o equilíbrio das forças, mas tem que retomar as aulas”, afirmou Botelho na manhã desta quinta (6).&quote;&quote;

Eduardo Botelho na sala de reunião do gabinete da Presidência

 

Na terça (4) à noite, o governo encaminhou proposta aos grevistas reafirmando que não tem condições de pagar a Revisão Geral Anual (RGA), nem conceder o aumento real previsto na lei de 2013. Entretanto, sustenta que está atendendo outros pleitos da categoria, como  nomeação de concursados, a destinação de R$ 35 milhões para melhorias na estrutura física das escolas, cronograma de reuniões com o Sintep, regularização das licenças-prêmio e para qualificação, além de  pagamento de décimo terceiro e férias aos temporários.

Amanhã (7), os grevistas realizam ato público, a partir das 14h30, em frente ao Palácio Paiaguás. Na segunda (10), acontece a assembleia da categoria para avaliar a proposta do governo e decidir pela continuidade ou não da greve.

Rdnews

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.