Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Brasil retoma testes da vacina de Oxford contra a Covid-19 após aval da Anvisa

Postado em 14/09/2020 por

Compartilhe agora.

A farmacêutica Astrazeneca informou que os testes clínicos da vacina contra o novo coronavírus, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford, voltam a ser realizados no Brasil nesta segunda-feira (14/9), após quase uma semana de paralisação.

A fase 3 do estudo foi interrompida em todo o mundo na última terça-feira (8/9), após uma voluntária britânica ter desenvolvido mielite transversa – doença autoimune que envolve uma rara inflamação da medula – durante a pesquisa.

A retomada do estudo no Brasil foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no sábado (12/9), após especialistas avaliarem informações recebidas da agência reguladora britânica (MHRA), do Comitê Independente de Segurança do estudo clínico e da empresa patrocinadora do estudo, a AstraZeneca.

Segundo nota a agência brasileira, “após avaliar os dados do evento adverso, sua causalidade e o conjunto de dados de segurança gerados no estudo, a Anvisa concluiu que a relação benefício/risco se mantém favorável e, por isso, o estudo poderá ser retomado”.

A nota segue: “A Anvisa continuará acompanhando todos os eventos adversos observados durante o estudo e, caso seja identificada qualquer situação grave com voluntários brasileiros, irá tomar as medidas cabíveis para garantir a segurança dos participantes”.

No Brasil, 5 mil voluntários participam do estudo nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e na Bahia. Muitos já receberam a segunda dose do imunizante e, até o momento, não houve registro de reações adversas graves.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.