Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Cadeirante é vítima de tentativa de homicídio em Juína e polícia militar prende o autor

Postado em 29/05/2019 por

Compartilhe agora.
juina news

A polícia militar foi acionada  via 190 no final da noite do dia 27, para atender uma ocorrência na avenida Pato Branco, no bairro módulo 05, onde chegando no local a guarnição se deparou com a vítima caída no chão com perfuração no peito do lado esquerdo.

No local ainda havia uma outra pessoa que também sofreu ameaças do suspeito Wewerson Batista Barroso de 21 anos, vulgo “Negueba”, que ameaçou matar a jovem Z.S.B.P de 16 anos, sendo que o suspeito usando a mesma arma do crime cometida contra o cadeirante Willian Roberto de Oliveira de 29 anos, para intimidar a jovem, dizendo que a mataria se caso ela o entregasse a polícia.

De posse das informações e características do acusado, a polícia saiu em rondas no intuito de encontra-lo, porém informações de amigos das vítimas informaram que o suspeito encontrava-se na avenida das Arapongas no bairro módulo 04, próximo a escola Pestalozzi, onde o mesmo foi reconhecido e preso pelos policiais, sendo que no momento da prisão “Negueba” apresentava sangramento no nariz, e relatou aos policiais que havia sido agredido na praça do módulo 05, porém não informou quem foram seus agressores.

A guarnição policial retornou com o suspeito ao local do crime com o intuito de encontrar a arma usada na tentativa do homicídio, porém não foi localizada.

O suspeito foi encaminhado para a delegacia municipal juntamente com a segunda vítima que é menor de idade para a confecção do boletim de ocorrências, e durante vários momentos em que ambos se encontravam na delegacia, o suspeito continuava a ameaçar a vítima, mesmo na presença dos policiais de plantão.

O rapaz cadeirante que foi a vítima grave neste crime, Willian Roberto de Oliveira, foi socorrido e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), pois havia sofrido vários golpes, sendo que os mais profundo foram na região da cabeça e no lado esquerdo do peito, sendo necessário passar por uma cirurgia de emergência.

Após ser entregue na delegacia municipal, o suspeito permaneceu preso e a disposição da justiça.

juina news

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.