Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Com apoio total de Bolsonaro, Fernanda oficializa pré-candidatura ao Senado

Postado em 01/09/2020 por

Compartilhe agora.

Com a participação do presidente da República Jair Bolsonaro, a tenente-coronel Fernanda foi a primeira pré-candidata ao Senado oficializada na corrida eleitoral. A convenção do Patriota foi realizada na noite desta segunda  (31), no formato drive-in, no estacionamento da Associação dos Oficiais e Bombeiros de MT.

A chapa  com o ex-deputado federal Victório Galli na 1ª suplência e o também PM, tenente Luciano Esteves, como 2° suplente, foi mantida.  Ambos são do Patriota.

No discurso, a Coronel Fernanda afirmou que sua vitória na eleição suplementar ao Senado será reflexo das mudanças que Bolsonaro está implementando no Brasil. Além disso, destacou as barreiras que enfrentou até consolidar a pré-candidatura.  

“Ser mulher é difícil. Tem que enfrentar barreiras e preconceitos. Na política é mais difícil ainda. Mulheres, venham conosco. Precisamos ter representes em todas as esferas. No dia 15 de novembro é a voz de vocês que vai fazer mudar. É a resposta de Mato Groso. Peço a todos os mato-grossenses que amam esse Estado que lutem por ele, que lutem em benefício do Estado, em benefício de todos”, disse a pré-candidato, que chorou ao ser recebida no dispositivo.

“Vamos vencer contando o apoio de Bolsonaro, que vem revolucionando, dando basta na corrupção, na ladroagem”

Tenente-coronel Fernanda

Já o pré-candidato a prefeito de Cuiabá pelo Patriota Roberto França, que prometeu empenho para eleger a Coronel Fernanda ao Senado, disse que o apoio de Bolsonaro será fundamental para garantir a vitória.

“Vamos vencer contando o apoio de Bolsonaro, que vem revolucionando, dando basta na corrupção, na ladroagem. Temos que reconhecer que o presidente  vem ajudando muito Cuiabá e todos os municípios de Mato Grosso. Obrigado pela limpeza da corrupção e bandalheira nesse país”, completou.

Vídeochamada

  Bolsonaro  entrou ao vivo na convenção, por meio de uma videochamada. O presidente da República  afirmou que apóia a Coronel Fernanda  porque ela é mulher, PM e evangélica.

Na participação, Bolsonaro declarou  não vai apoiar nenhum candidato a prefeito porque o Brasil tem 6 mil municípios e isso consumiria todo seu tempo. Além disso, pediu aos apoiadores que façam uma campanha limpa, sem atacar os adversários.

Rumores

Antes da convenção, surgiu a informação que o evento seria adiado. Isso porque o presidente nacional do Patriota, Adilson Barroso, que está em Cuiabá, estaria tentando convencer a Coronel Fernanda a recuar para ser vice de Roberto França. A pré-candidata classificou a notícia como especulação da imprensa esquerdista que trabalha contra Bolsonaro.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.