Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Com aval da Petrobrás, governador vai a Bolívia negociar compra de gás natural

Postado em 29/05/2019 por

Compartilhe agora.
rdnews

&quote;&quote;

Presidente da Bolívia Evo Morales deve receber governador Mauro Mendes e comitiva

 

O governador Mauro Mendes (DEM) viaja para Bolívia na próxima quinta (30)  para se reunir com o presidente Evo Morales, com o ministro dos Hidrocarburos, Luiz Alberto Sanchéz, e com o  residente da  companhia nacional de gás e petróleo Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB),  Oscar Barriga, para tratar do fornecimento de gás natural para Mato Grosso. A comitiva do Estado ainda deve contar com o chefe da Casa Civil,  Mauro Carvalho, o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, César Miranda,   e com o presidente da MT Gás,  Rafael Reis.

Em março, Mauro esteve reunido com o presidente da Petrobrás, Roberto Castelo Branco, para solicitar que  o MT Gás seja liberado para comprar gás natural diretamente da Bolívia. Ocorre que o Governo do Estado obteve a liberação nesta semana e por isso, está indo para Bolívia iniciar a negociação.

Como o retorno de Mauro está previsto para o mesmo dia, a chefia do Executivo não será transmitida para o vice Otaviano Pivetta 

No Estado, o abastecimento está interrompido.  A  empresa que administra o transporte do produto decidiu encerrar o abastecimento do gás natural e desde julho do ano passado  o duto está parado com 5 milhões de metros cúbicos armazenados.  

Como o retorno de Mauro está previsto para o mesmo dia, a chefia do Executivo não será transmitida para o vice Otaviano Pivetta (PDT). A primeira viagem internacional do governador foi autorizada pela Assembleia na sessão ordinária desta terça (28).

A autorização tem validade nos quatro anos do mandato e também abrange as atividades de Pivetta. Inclusive com efeito retroativo já que o vice esteve em missão oficial na Europa onde palestrou na Universidade de Oxford, na Inglaterra, no último dia 19 de maio, sobre Sustentabilidade.

rdnews

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.