Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Com golaço de Vargas, Seleção do Chile empata com o Uruguai na Arena Pantanal

Postado em 22/06/2021 por

Compartilhe agora.

Uruguai e Chile empataram em 1 a 1 na noite desta segunda (21), na Arena Pantanal, em jogo válido pela terceira rodada da Copa América. Com o empate, a La Roja assume, momentaneamente, a liderança do Grupo A com cinco pontos. Por sua vez, a Celeste Olímpica segue sem vencer no torneio e ocupa, também simultaneamente, a quarta colocação da tabela com apenas um ponto na tabela.

Em jogo de muitas chances de gols, o Uruguai foi quem começou melhor na primeira etapa e assustou o Chile logo ano primeiro minuto, quando Arrascaeta recebeu de fora da área, esperou a bola quicar e bateu firme de direita, mas foi parado em Bravo.

Mesmo com a pressão uruguaia no início da partida, foram os chilenos que abriram o placar aos 26 minutos. No campo de ataque, Vargas fez tabela com Brereton, entrou na área e mandou uma bomba no gol de Muslera, que não pôde fazer nada. O atacante chegou ao 14º gol em Copa América e se tornou o maior artilheiro do Chile na competição continental.

A dupla Cavani e Suárez quase não aparecem no primeiro tempo e tiveram poucas oportunidades de gols. Em 135 minutos de jogo, os dois atletas somaram apenas um chute na direção do gol. O Uruguai vinha de um jejum de quatro partidas sem marcar gols, que foi quebrado aos 20 minutos da reta final. No lance, Facundo Torres cruzou uma bola na área e achou Suárez, que se antecipou a Vidal e balançou as redes mandando no segundo pau.

Aos 39, o Uruguai quase virou o placar na Arena Pantanal. Viña recebeu na esquerda e fez um ótimo cruzamento no meio da área, quando achou Cavani que chegou cabeceando com muito perigo. A bola passou ao lado do gol de Bravo e, por pouco, os uruguaios não saíram vitoriosos do confronto.

Em campo, teve a presença de vários jogadores conhecidos pelos brasileiros. Além de Cavani e Luis Suárez, o lateral Matias Viña, do Palmeiras, o meio-campista Arrascaeta, do Flamengo, e Vargas, do Atlético-MG, também estiveram no duelo na Arena Pantanal.

Além disso, o empate de hoje garantiu a quebra de tapu. O Uruguai somava quatro partidas sem marcar gols, feito inédito desde que Oscar Tabárez assumiu o comando da equipe, em 2006. Em contrapartida, o Uruguai é o maior campeão da história do torneio sul-americano, com 15 conquistas, quando a última ocorreu em 2011, na Argentina. O Uruguai venceu a competição após golear o Paraguai na final por 3 a 0. O Chile venceu a Copa América duas vezes consecutivas: em 2015 e em 2016.

A seleção do Uruguai venceu três dos últimos cinco jogos oficiais contra a seleção chilena e perdeu apenas um. Os uruguaios não perdem dos chilenos desde novembro de 2016, em duelo vencido pela Roja por 3 a 1.  A Celeste Olímpica leva vantagem sobre o La Roja no histórico de duelos. Em 81 jogos, foram 45 vitórias do Uruguai, 18 empates e 18 vitórias chilenas.

Duelo das polêmicas

Ambas equipes vivem diante de algumas polêmicas na Capital Mato-grossense. A imprensa chilena e argentina noticiou nesse domingo (20) que pelo menos seis jogadores da seleção do Chile foram flagrados numa festa sexual com várias mulheres no no Gran Odara Hotel, onde a equipe está instalada durante a Copa América, em Cuiabá. A festa teria acontecido após a vitória de 1 a 0 sobre a Bolívia, na noite de sexta (18), na Arena Pantanal.

CONMEBOLUruguai x Chile

Já a Seleção Uruguai tenta explicar a prisão de um membro da sua delegação identificado por Harold Ferreira Roldos Ferreira, de 45 anos, que foi detido na madrugada de hoje (21), dentro de um quarto do hotel Deville, também em Cuiabá. Ele é suspeito de importunação e assédio sexual cometido contra uma mulher que atua como segurança da Conmebol, responsável pela organização da competição continental.

A Federação Uruguai pediu à Conmebol a suspensão dos jogadores chilenos atendidos no hotel por um barbeiro, que furou a “bolha sanitária” contra a Covid-19: Gary Medel, Arturo Vidal, Eduardo Vargas e Pablo Aranguiz. A Conmebol negou o pedido de suspensão, mas, ainda assim, interlocutores da entidade afirmam que deve ocorrer a aplicação de multa aos jogadores envolvidos. A Roja chegou a pedir desculpas em seus canais oficiais pelo erro.

Agenda

As duas seleções voltam a campo na próxima quinta (24), pela quarta rodada da Copa América. O Uruguai permanece em Cuiabá para jogar contra a Bolívia, às 18h (de Brasília), na Arena Pantanal. O Chile viaja para Goiânia, onde vai enfrentar o Paraguai, às 21h (de Brasília), no estádio Olímpico.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.