Ouça agora na Rádio

Ouça agora

CRM abre sindicância e apura negligência e maus-tratos em hospital da Capital

Postado em 07/04/2021 por

Compartilhe agora.

Acorregedoria do Conselho Regional de Medicina (CRM-MT) foi acionada, com base nas notícias veiculadas na imprensa nesta segunda (5), para apurar a denúncia de negligência e maus-tratos a pacientes no hospital São Judas Tadeu, em Cuiabá.

Segundo a presidente do CRM, Lúcia Helena Barboza Sampaio, a abertura da sindicância é “ex-ofício”, baseada em matérias jornalísticas, uma vez que a técnica de enfermagem Amanda Benício não registrou a denúncia, até o momento no Conselho. Ela procurou a polícia ontem e registrou BO contra o hospital.

A unidade nega irregularidades e diz que a denúncia é uma vingança de Amanda por ter sido demitida há uma semana 

Segundo Amanda, a suposta negligência teria resultado na morte de pacientes com coronavírus, entre eles, o major PM Thiago Martins, 34, no último domingo (4). Diante da situação, o Comando Geral da Polícia Militar pediu abertura de investigação de possível negligência no CRM e no Ministério Público Estadual.

“O que acontece depois disso, é o CRM-MT se reportar às pessoas envolvidas no fato, solicitando informações pertinentes ao atendimento do  referido paciente , sempre buscando a verdade dos fatos e oportunizando a ampla defesa e o contraditório nesse atendimento”, diz trecho da nota assinada pela presidente do conselho. A sindicância vai tramitar sob sigilo.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.