Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Deputado de MT pede investigação sobre suposta venda de mandato de Wyllys

Postado em 12/06/2019 por

Compartilhe agora.
Rdnews

O deputado federal José Medeiros (Podemos) encaminhou ofícios à Procuradoria Geral da República (PGR) e à Polícia Federal (PF) reiterando pedido de abertura de investigação sobre a “possibilidade de venda de mandato” de  Jean Wyllys para seu suplente David Miranda (PSOL-RJ).

Jean Wyllys, que era deputado federal reeleito,  renunciou no inicio do ano alegando sofrer ameaças de morte e foi morar no exterior. A vaga de parlamentar ficou com David, que é casado com o norte-americano Glenn Greenwald, do site The Intercept, que divulgou denúncias contra o ministro da Justiça Sérgio Moro e a Força Tarefa da Lava Jato há apenas 48 horas, fazendo parecer que se trata de retaliação.

Nos ofícios, Medeiros também pede apuração sobre eventuais transferências de recursos entre Glenn e  Wyllys. Além disso, relaciona a renúncia do ex-parlamentar com as matérias do The Intercept sobre trocas de mensagens entre Sérgio Moro e procuradores da Lava Jato, que teriam prejudicado o ex-presidente Lula e interferido nas eleições de 2018.

“Diante desses fatos, solicito que seja apurada a relação do Deputado Jean Wyllys, do Deputado David Miranda, do senhor Glenn Greenwald e a invasão dos celulares do Ministro Sérgio Moro, de procuradores da Lava Jato e a divulgação de mensagens pelo site “The Intercept”, havendo possibilidade de tal invasão cibernética ter sido promovida e patrocinada por estrangeiros no Brasil”, diz trecho dos ofícios enviado por Medeiros.

Rdnews

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.