Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Fávaro é eleito com 371 mil votos e se efetiva no Senado; Coronel em 2º

Postado em 16/11/2020 por

Compartilhe agora.

Com todas as urnas apuradas, Carlos Fávaro (PSD) é o novo senador de Mato Grosso. Ele teve 25,97% dos votos válidos, o equivalente a 371.857 e se efetiva na vaga deixada pela senadora cassada Selma Arruda. Fávaro tem como suplentes a empresária Margareth Buzetti (PP) e o ex-deputado José Lacerda (MDB). Fávaro derrotou a candidata Coronel Fernanda (Patri) que ganhou visibilidade após recebeu apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Estou muito feliz. Estava confiante nesta vitória, mas a gente só sabe o resultado final depois da contagem do último voto – e essa contagem, embora um pouco atrasada na eleição de hoje, mostra que a população de Mato Grosso avalia bem o nosso trabalho e quer a nossa permanência no Senado.  A população decidiu e minha resposta não pode ser outra senão trabalhar e fazer cada vez mais por Mato Grosso. Isso é uma honra”, afirma o senador.

Fávaro tem 51 anos, já foi vice-governador e chegou a disputar o Senado em 2018, ficando na terceira colocação. Com a cassação de Selma, assumiu como “tampão” e, agora, se efetiva.

Coronel Fernanda (Patriota) teve 20,49% (293.362) e ficou em segundo lugar. Já Nilson Leitão (PSDB) aparece em terceiro lugar com 11% (157.504 votos). Os outros candidatos veem na sequência: José Medeiros do Podemos (9,70%), petista Valdir Barranco (8%), Procurador Mauro, do Psol, (6,82%), Pedro Taques (4,98%), Elizeu (4,08%), Reinaldo (1,55%) e Feliciano Azuaga (1,48%). 

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.