Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Jovem afirma ter sido mantida em cárcere privado e estuprada por 2 homens em MT 24 de Junho de 2019 – Fonte: Bárbara Sá/ RDNEWS

Postado em 25/06/2019 por

Compartilhe agora.
juina news

Dois estupros foram registrados neste domingo (23), em Mato Grosso. Em um dos casos, uma jovem de 20 anos foi violentada por dois homens e mantida em cárcere privado, em Tabaporã (a 701 Km de Cuiabá ). No segundo, a vítima tem 19 anos, mora em Cuiabá, e estava dormindo quando acordou com o suspeito a estuprando.

 
Em Tabaporã, a vítima foi localizada por populares chorando e pedindo socorro, no centro da cidade. À polícia, a jovem relatou que ela e os supostos agressores estavam em uma festa. Por ter uma amizade, decidiu acompanhá-los até a casa de um dos homens, que estavam alcoolizados.
 
Já na residência, os três ficaram ouvindo música. Quando a jovem resolveu ir embora, os homens teriam levado a vítima a força para um quarto. Eles teriam segurado a jovem pelos pulsos, tirado suas roupas e cometido o estupro, apesar dos pedidos de que parassem.
 
Após o abuso, um dos agressores foi para sua casa. Foi então que o morador do local onde estavam ameaçou a vítima, obrigando que a mesma ficasse no local, em silêncio, para seu próprio bem. A vítima só conseguiu sair da casa quando o homem dormiu e ela fugiu. Ela foi encaminhada para exame de corpo de delito.
 
Cuiabá
 
O segundo caso foi registrado no bairro Jardim Universitário. A vítima relata que o agressor é seu vizinho. Tudo teria começado no domingo, um dia depois a um churrasco feito em sua casa. Após acordar com o acusado na sua residência, a jovem relata que aceitou o convite do mesmo para um banho de piscina na casa do homem.
 
Quando resolveu voltar para sua casa, o homem a impediu, dizendo que ela poderia descansar na sua residência. Ao adormecer por alguns minutos, o homem teria aproveitado para abusá-la. Ela conseguiu sair da situação, após entrar em luta corporal com o agressor, que foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes. Ambos os casos serão investigados pela Polícia Civil.

juina news

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.