Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Jovem de 25 anos é feita refém e estuprada dentro de casa por 2 dias

Postado em 08/03/2021 por

Compartilhe agora.

Uma jovem de 25 anos (não identificada) foi sequestrada, mantida refém, roubada e estuprada diversas vezes por cerca de dois dias, no bairro Vilia Birigui, em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá). Os crimes aconteceram dentro da casa da vítima. Um dos suspeitos é o vizinho dela e foi preso pela Polícia Militar.

Segundo o 4º Comando Regional da PM, a vítima estava saindo de casa para trabalhar em um frigorífico e se preparava para abrir o portão, por volta das 8h desta quinta (4), quando foi abordada por um desconhecido dentro do residencial onde mora.

Ela foi forçada a voltar e entrar em seu apartamento e, logo em seguida, apareceu o vizinho. Os dois indivíduos mantiveram a vítima em cárcere até às 19h dessa sexta (5) e, durante esse período, a vítima conta que foi amarrada, vendada, teve os cabelos cortados e estuprada em vários momentos.

Ela também foi obrigada a passar a senhas de seus cartões de banco, do e-mail e desbloqueio do celular. Os suspeitos passaram os dados para uma terceira pessoa por meio do celular, que fizeram o roubo.

Em todo momento, ela foi obrigada também a manter contato com familiares e colegas de trabalho para fingir que nada de grave estivesse acontecendo e que ela só poderia dizer que estava indisposta, com dores de cabeça e mal estar.

Colegas de trabalho começaram a estranhar a ausência e perguntaram para irmã, que foi até a casa da vítima para saber dela. Quando chegou no local, os suspeitos orientaram a vítima para dizer para a irmã voltar outro dia.

Contudo, a irmã insistiu para a mulher abrir a porta e entrar no imóvel junto com o filho de seis anos. Foi o momento em que a vítima empurrou a porta e saiu correndo junto com ela e sobrinho. Os suspeitos ficaram na residência, mas fugiram em seguida.

Prisão

Após a fuga, a Polícia Militar foi chamada. A vítima conta que um dos suspeitos estava o tempo todo com um capuz em sua cabeça, mas ela conseguiu reconhece-lo pela pela voz e os pés. Ele foi localizado dentro do apartamento no mesmo residencial e preso. O outro suspeito ainda não foi identificado ou preso.

A vítima disse que era frequentemente aliciada pelo vizinho, que, em uma das ocasiões, chegou a insinuar que arranjaria um emprego para ela, caso tivesse relações com ele. A mulher foi socorrida pelo Samu e, depois de atendimento médico, encaminha com a irmã para delegacia para registro de ocorrência.

Polícia Civil investiga o caso.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.