Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Morador de Cuiabá coloca fogo no quintal de casa, fogo se espalha e atinge terreno

Postado em 07/10/2020 por

Compartilhe agora.

Policiais militares conduziram até a delegacia um homem de 64 anos por provocar incêndio, em Cuiabá. O idoso que havia colocado fogo no quintal e perdeu o controle das chamas. A PM acionou uma equipe do Corpo de Bombeiros para controlar o incêndio. O caso ocorreu na manhã desta quarta ( 07).

Por volta das 10h, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de incêndio no terreno de uma residência,  no bairro Jardim Ubirajara. Os policiais estiveram no local e diante da grande quantidade de fumaça e da ameaça do incêndio se alastrava rapidamente solicitaram ajuda do Corpo de Bombeiros.

Com jatos d’água, os militares conseguiram controlar o fogo. O morador da residência foi identificado, ele relatou que colocou fogo em algumas folhas no quintal e que as chamas se alastraram para uma magueira e um galinheiro, gerando um incêndio de proporções maiores. 

Por colocar a própria vida e da vizinhança em risco, os policiais conduziram o homem à delegacia. A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil.

Focos de Calor em MT

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e do Monitor de Queimadas do Instituto Centro de Vida (ICV), os três biomas de Mato Grosso,  Amazônia, Cerrado e Pantanal registraram em conjunto um aumento de 45% em número de focos de calor de janeiro a setembro, em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 39,9 mil focos de calor, enquanto 2019 contabilizou 27,5 mil pontos.

O período de proibição das queimadas foi adiantado e estendido neste ano no Estado, mas a medida mostrou-se insuficiente para conter o avanço do fogo no estado, um dos que mais sofreu com os incêndios em todo o território brasileiro. Do total de focos neste ano, 83% (33,1 mil focos) ocorreu no período proibitivo – de julho a setembro, época da seca quando os riscos de incêndios florestais são acentuados pela vulnerabilidade da vegetação.

No Pantanal, bioma proporcionalmente mais afetado, 95% dos focos de calor ocorreram durante a proibição. Dos 11,2 mil pontos de calor nos sete meses, 10,7 mil aconteceram entre julho e setembro.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.