Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Produtores e políticos de Mato Grosso lotam Esplanada para ouvir o presidente

Postado em 17/05/2021 por

Compartilhe agora.

Os produtores rurais e políticos de partidos ligados à direita de Mato Grosso acompanharam nesta tarde o discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Caravanas formadas pelos representantes do agronegócio saíram do Estado ainda na quinta (15) para compor o Movimento Brasil Verde e Amarelo.  

De frente para uma multidão, e de cima de um palanque montado em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, o presidente teceu críticas à esquerda e enalteceu o conservadorismo no Brasil. Discurso aconteceu após ele sobrevoar a Esplanada de helicóptero e passear a cavalo na área central de Brasília.

“Enfrentei por 28 anos uma verdadeira guerra ideológica que poucos davam valor”, disse. “Mas o nosso compromisso era, acima de tudo, um bem mais sagrado, que a nossa própria vida, que é a nossa liberdade”, completou.

Falou ainda sobre respeito à família, sobre fé e disse que o país estava na contramão. “Assumimos o governo e pegamos um Brasil praticamente destroçando, ética, moral e economicamente”, disse ele que, ao falar da pandemia da Covid-19 no país, usou termos no passado.

“Não foi fácil. Mas conseguimos manter os empregos formais. Já os informais, mais de 40 mil”. Criticou também, como sempre vem fazendo, os governos estaduais que ainda apregoam medidas de isolamento social e prevenção à disseminação do novo coronavírus, como o lockdown.

Interferência de poderes

Presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Fernando Cadore, um dos mato-grossenses que participou do ato, explicou que o movimento é em defesa do fim da interferência entre os Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário.

“Tem que ter governabilidade para enfrentar a pandemia, para fazer as políticas públicas necessárias. Não é hora de política, é hora de união. É hora dos poderes se respeitaram para que o Executivo possa trabalhar, para que o Legislativo possa trabalhar e que o Judiciário possa trabalhar, cada um desempenhando a sua função”, afirmou.

Também acompanharam o ato políticos de Mato Grosso filiados a partidos de direita. Entre eles, o deputado federal José Medeiros (Podemos), os deputados estaduais Delegado Claudinei (PSL), Gilberto Cattani (PSL) e Eliseu Nascimento (PSL), além do ex-vereador Abílio Jr (Pode), Aécio Rodrigues (PSL), que concorreu a prefeito de Cuiabá nas eleições municipais de 2020, bem como empresário Reinaldo Morais (PSC), mais conhecido como “Rei do Porco”, que disputou o Senado na eleição suplementar.

O deputado José Medeiros, inclusive, subiu ao carro de som para discursar e defender pautas como a retomada do voto impresso.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.