Ouça agora na Rádio

Ouça agora

uína: Homem esfaqueado ontem em possível crime passional não resiste e morre na UPA

Postado em 15/06/2019 por

Compartilhe agora.
juina news

A Polícia Judiciária Civil do município de Juína, no Mato Grosso, efetuou a prisão nesta tarde de Leandro Vargas Barbosa, de 22 anos, principal acusado de cometer um crime de tentativa de homicídio que evoluiu para homicídio nesta sexta-feira no bairro Palmiteira.

Tamanha brutalidade foi mais um dos crimes contra a vida elucidado pela polícia civil do município de maneira ágil e eficaz.

A vítima, Júlio Cesar do Nascimento Duarte, 31, foi atingido violentamente por golpes de faca, chegou a ser socorrido, mas infelizmente não resistiu e morreu nesta madrugada na UPA. Ontem mesmo ele foi submetido a uma cirurgia e segundo seus amigos, um rim e um intestinado foram retirados neste procedimento cirúrgico.

Após cometer o crime, o suspeito Leandro fugiu e hoje acompanhado de um advogado compareceu à delegacia de polícia para prestar esclarecimentos do fato.

Segundo a polícia, Leandro permaneceu em silêncio em seu interrogatório perante o delegado de polícia.

Em seguida, ele foi ciente de que havia um mandado de prisão preventiva em seu desfavor que foi cumprido pelos policiais.

O delegado de polícia, doutor Marco Bortolotto Remuzzi informou que ontem mesmo a equipe de policiais saiu em diligências para localizar as testemunhas do crime a fim de serem ouvidas, além disso, foi feito os trabalhos preliminares como exame de local de crime e pericial para o inquérito policial.

Após estes procedimentos, o delegado de polícia, doutor Marco Remuzzi de imediato como praticamente em todos os casos representou pela prisão preventiva do acusado, onde o juiz de direito doutor, Vagner Dupim Dias deferiu o pedido de prisão em desfavor de Leandro.

Leandro deverá passar por exame de corpo de delito e na segunda-feira por audiência de custódia, e após isso permanecerá preso à disposição da justiça.

O corpo de Júlio Cesar está sendo velado na capela mortuária da AME, e o sepultamento está previsto para à 8h da manhã deste domingo.

Amigos e familiares estão revoltados com tamanha violência praticada contra Júlio

O crime

Conforme anunciamos na reportagem anterior, a polícia militar informou que houve uma briga e de posse de uma arma branca (faca) o acusado Leandro Vargas Barbosa, 22, desferiu o golpe contra a vítima.

 

Uma outra vítima e testemunha do caso contou aos policiais que estava em sua residência em companhia de Júlio Cesar quando Leandro que é seu ex convivente chegou na casa e de posse da faca cometeu o crime.

 

Após esfaquear o rapaz, Leandro teria puxado sua ex convivente e dizia que ela iria embora com ele.

 

O suspeito para fugir do local teve apoio de Vandervan Dalmasso que o levou em sua motocicleta e o deixou nas proximidades da MT 170, já aos fundos do bairro Padre Duílio.

 

O caso estava sendo registrado na delegacia de polícia quando a PM recebeu a informação de que Vandervan estava próximo a UPA, ele acabou detido pela polícia e foi levado à delegacia de polícia para prestar esclarecimentos.

 

Vandervan disse aos policiais que estava próximo ao local do crime e que Leandro que é seu cunhado teria pedido sua motocicleta para fugir do local e que não quis entregar sua moto, mas que o levaria ele para outro local.

 

 

  • &quote;Juína

 

juina news

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.