Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Rondonópolis: Ladrões fazem festa e ostentam dinheiro na internet, após roubo, e 8 são presos

Postado em 05/09/2019 por

Compartilhe agora.
juina news
Policiais militares de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) prenderam na tarde desta quarta-feira (04.09) oito pessoas suspeitas de estarem envolvidas em roubos em estabelecimentos comerciais na cidade. Cinco homens e três mulheres se tornaram suspeitos após divulgarem vídeos ostentando dinheiro e bebidas em aplicativos de celular.   
 
Conforme o boletim de ocorrência, uma denúncia descrevia que um grupo de pessoas promovia uma festa, no bairro São José II, com consumo de entorpecentes. Os policiais decidiram averiguar a ligação entre as ocorrências da festa e dos roubos, uma vez que dois estabelecimentos, localizados na área central, tinham sido furtados recentemente. Dinheiro e produtos das lojas foram levados.
 
No local apontado na denúncia, os policiais foram recebidos por um homem identificado como C.A.D.D., 40, que seria o proprietário do imóvel. Ao realizar a varredura na casa, os agentes encontraram no telhado da varanda dos fundos, porções de pasta base de cocaína. Em um dos cômodos também foram achadas uma balança, uma tornozeleira eletrônica rompida e 21 maçanetas de portas de automóveis, ainda lacradas e embaladas, que poderiam ser produto dos furtos aos estabelecimentos.
 
Em uma revista em cada uma das pessoas no local, os policiais encontraram com uma mulher de 32 anos, identificada como L.S.B., uma porção de cocaína. Segundo ela, a tornozeleira seria de um ex-namorado, que a rompeu e entregou para que a mulher guardasse.
 
Diante dos fatos, os policiais levaram homem, mulher e os demais participantes da festa para a delegacia. Os outros suspeitos foram identificados como P.R.S.J., 21, A.R.S., 41, W.F.R.V., 21, J.C.C., 34, J.D.B., 29 e M.A.O., 18.
 
Serviço
 
A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.
&quote;&quote;

juina news

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.