Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Técnica de enfermagem e mãe são presas sob suspeita de mandar executar PM

Postado em 15/07/2021 por

Compartilhe agora.

Técnica de enfermagem do antigo Pronto Socorro de Cuiabá, hoje Hospital de Referência à Covid-19, identificada apenas como Tatiane, foi presa na tarde desta quarta (14) acusada de ser a mandante da morte do policial militar aposentado Noel Marques da Silva, de 52 anos.

A mãe dela, a idosa Ana Lopes Borralho, também foi detida na região do Distrito da Guia por ter supostamente incentivado a filha.

Prisão foi cumprida pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Militar foi morto no dia 22 de agosto de 2020, no bairro Jardim Colorado, na Capital. Ele foi abordado por dois homens em uma moto quando chegava em casa e recebeu disparos na região da cabeça e do pescoço.

Seu filho, Noel Marques da Silva Júnior, também foi morto com 6 tiros no dia 24 de março deste ano. Testemunhas afirmaram que o criminoso é o mesmo que executou o seu pai no ano anterior. Contudo, ainda não há provas de que as duas suspeitas estejam envolvidas com a execussão dele.

Em junho, suspeito pela morte foi preso pelo crime. Ele foi interrogado para que motivo do crime fosse revelado e que outros envolvidos fossem encontrados. Caso continua sendo investigado pela Polícia Civil.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.