Ouça agora

Ouça agora

Abstenção, votos brancos e nulos “vencem” os 3 mais votados ao Senado

Postado em 18/11/2020 por

Compartilhe agora.

Carlos Fávaro (Podemos-MT) foi “efetivado” como senador em Mato Grosso na eleição complementar ocorrida no último domingo (15), quando obteve 371.857 votos. Ele superou a Coronel Fernanda (Patriota), e Nilson Leitão (PSDB), que alcançaram 293.362 e 157.504 votos, respectivamente.

Outro dado, porém, chamou a atenção na eleição complementar ao Senado neste ano de 2020 em Mato Grosso. Ao todo, somando os votos brancos, nulos e as abstenções, 885.403 pessoas não votaram em Carlos Fávaro (e em nenhum outro candidato).

O número é mais do que o dobro da votação obtida pelo senador eleito e é maior até mesmo do que a soma dos três primeiros colocados na eleição suplementar – Carlos Fávaro, Coronel Fernanda e Nilson Leitão. Em relação ao total de eleitores de Mato Grosso, que segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é 2.317.102 pessoas, o número representaria 38,2% de pessoas aptas a votar mas que não votaram em ninguém.

Ainda de acordo com informações do TSE, Mato Grosso contou com uma abstenção total (incluindo as votações ao Senado, Prefeituras e Câmaras de Vereadores) de 25,44% – ou seja, 579.275 pessoas sequer justificaram o voto no Estado. Vale lembrar que o número não contempla os votos nulos e brancos, ou seja, o contingente que não votou em ninguém nessas eleições é ainda maior.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.

sete + cinco =